QUANDO PROCURAR UM ADVOGADO TRABALHISTA?

A pergunta do título é bem-vinda e será esclarecida aqui. Quando o assunto é Justiça do Trabalho, é completamente normal surgirem dúvidas diversas e medos por parte dos reclamantes em mover uma ação contra uma empresa. Saber quando procurar um advogado trabalhista é primordial para não se ver sem defesa perante eventuais injustiças.

A verdade é que poucas pessoas sabem seus direitos, principalmente quando envolve o emprego, que é a fonte de renda. É uma dependência que podemos dizer ser natural mas, ao mesmo tempo, que fique claro: da mesma forma que você tem deveres, tem direitos. E isso vale para o empregador também.

Conheça seus direitos trabalhistas

Há algum tempo, tivemos uma Reforma Trabalhista que mudou algumas regras, mas a maioria continua igual. É importante entender também o tempo em que vivemos. Com a pandemia e, por consequência, o distanciamento social, novas normas e formas de trabalho surgiram e com isso novos processos também.

De março a agosto de 2020, o Tribunal Superior do Trabalho recebeu 16,3 mil ações trabalhistas enquadradas na categoria COVID-19. Isso é apenas 2% de todas as ações que chegaram por lá nesse período, mas já deixa todo mundo ligado do que pode vir por aí.

Estar atento é o principal item para quem quer saber como processar ou procurar um advogado trabalhista. Você sabe se sua empresa está seguindo todos os protocolos de segurança?

Então, o primeiro passo, antes mesmo de procurar um advogado trabalhista é entender os seus direitos, porque os deveres, a gente é acostumado a saber desde sempre. Elaboramos um post riquíssimo que pode te ajudar nessa etapa, clique aqui.

A função do advogado trabalhista

Depois de entender bem os seus direitos, você também pode tirar da sua cabeça a ideia de que um advogado trabalhista só pode ser procurado para entrar com um processo.

Esse profissional pode ser visto como um conciliador e consultor. Isso mesmo, não precisa encontrar um advogado trabalhista apenas para exigir de uma empresa uma indenização. Ele pode te informar sobre as vantagens de uma ação judicial, orientar sobre seus direitos e/ou te explicar como chegar em um acordo e evitar essa disputa.

Saiba que a primeira opção, de entrar com um processo, é muito válida mas pode levar anos devido a burocracia e recursos que existem… No entanto, realizar a cessão de crédito e receber o que tem direito de forma segura e rápida, é a cereja do bolo para você ser ressarcido por eventuais danos sem ter que enfrentar mais desgastes na Justiça.

A Justiça a seu favor

Quando o empregado sofre injustiças na relação de trabalho e não tem como resolver amigavelmente, de fato, não há outro jeito e o caso precisa ser resolvido na Justiça. E o advogado trabalhista, seu maior aliado.

Existem inúmeras razões para se procurar um advogado trabalhista e iniciar uma disputa judicial. As cinco mais comuns são:

  • Falta de pagamento do FGTS;
  • Danos morais;
  • O não pagamento de verba rescisória;
  • O não pagamento de hora extra;
  • Riscos no trabalho (adicional de insalubridade).

Um processo judicial envolve calma e muita inteligência emocional, pois as ações são desgastantes e longas. Um advogado trabalhista vai te ajudar em como agir diante de perguntas e pressão que haverá no Tribunal, os insultos que possam ocorrer e as tentativas de acordos que não são benéficas. Ele quem garantirá que tudo ocorra como o planejado e o resultado seja favorável a você.

Agora, para escolher um bom advogado trabalhista, você precisa se certificar que ele entenda da área. Claro, a experiência faz toda diferença, pois trará as ferramentas e conhecimento para lidar com qualquer caso que apareça.

No Brasil, existem milhares de advogados trabalhistas. Mas uma das melhores formas de encontrar, é através de indicação. É difícil não conhecer um amigo, parente ou conhecido que precisou de um profissional desse tipo.

Converse com quem você conhece, busque material que ateste a relevância desse advogado trabalhista. Escolha com sabedoria, sempre. Quem atua no Direito com seriedade, sempre será indicado.

Então, não perca tempo. Se você se sente prejudicado, procure um advogado trabalhista já e busque por seus direitos. 

Seu advogado também é peça-chave para a venda de seu crédito judicial.

A Bomtrato atua de forma rápida, prática e segura na cessão de créditos judiciais de processos trabalhistas. Conheça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *