4 dicas para quitar as dúvidas

quitar as dívidas

Infelizmente, a falta de planejamento financeiro individual e a crise econômica são realidades no Brasil e, por consequência, temos agora um alto índice de inadimplência no país. Segundo o Serasa Experian, existem 64 milhões de brasileiros que não conseguem quitar dívidas. 

A boa notícia é que é possível controlar o orçamento e sair do endividamento. Mas, não é fácil. Por isso, vamos mostrar em 4 dicas infalíveis como você pode sair dessa situação para, no fim desse processo, conseguir realizar seus sonhos. Vamos lá?

1) Organize o orçamento

Para quitar dívidas, antes de mais nada, é preciso saber exatamente quais são suas despesas. Organize essas informações de forma clara, você pode usar um aplicativo ou uma planilha. Anote os valores que entram e que saem da sua conta todo mês, como: salário, aposentadoria, benefícios, aluguel, contas de água, luz, celular, gastos com lazer e transporte…não deixe nada escapar. 

Faça uma análise desses valores, sem mentir para si mesmo. Com todas as informações organizadas em sua frente você vai ver claramente os gastos que são despesas essenciais e quais você pode fazer um esforço para eliminar ou reduzir. Isso também ajuda a não se perder no meio de tantos pagamentos e estar em dia com os credores, dando prioridade ao que precisa e evitando gastar dinheiro com juros e multas.

Pequenas economias contam como corte de gastos, para isso, lembre-se do “apagar a luz quando sair”, “não usar a máquina de lavar roupas com alta frequência”, “colocar o chuveiro no modo verão em dias quentes”, e tantas outras dicas que todos conhecem, mas poucos valorizam.

2) Crie a habilidade de vendedor

Você vai precisar ter jogo de cintura para sair do vermelho. Não tem jeito, quitar dívidas exige lábia e criatividade. Para se livrar das dívidas, muito provavelmente, você vai ter que procurar uma renda extra e negociar o que deve. Aí que entra a “alma de um vendedor”. 

Primeiro, você vai ter que vender seu próprio trabalho, encontrando uma forma de ter renda extra. Olhe para dentro de você e veja suas habilidades. Venda o que não fará falta em casa, faça bolos, produza artesanato, etc. Você também pode tentar um trabalho extra para as horas vagas (freelas, bicos, jobs… há vários nomes!).

Segundo, negocie sua dívida com o credor como um vendedor. Priorize as dívidas com mais juros e tente um acordo, a chance de conseguir um desconto é grande se você souber “vender” a sua situação financeira e se mostrar disposto a pagar tudo o que deve.

Talvez você nunca tenha pensado nisso, mas uma alternativa para o dinheiro extra, sem riscos, é a cessão de crédito judicial. Se você tem um processo trabalhista ou precatório em andamento, pode vender esse crédito e ter seu dinheiro em mãos de maneira rápida e segura.

3) Defina metas

Quitar dívidas já é uma meta importante, mas faça outras e crie estratégias. Economizar deve se tornar um hábito, pois é muito fácil voltar ao endividamento. 

Realize o pagamento das contas mais caras em seis meses, busque prazos para as conquistas, imponha limites para os gastos e até para o lazer, como o convite dos amigos para o happy hour…

Ao equilibrar suas contas, poderá ter metas maiores e mais ambiciosas, como organizar uma reserva de emergência e investir seu dinheiro para que ele renda para você e te ofereça os sonhos que adiou por ter muita conta para pagar.

Lembre-se: um passo de cada vez.

4) Faça uma auto avaliação

Durante todo o processo, é necessário entender os motivos que fizeram você sair do controle. Isso é fundamental para evitar a inadimplência no futuro e sair do problema o quanto antes.

Pontue quais comportamentos fizeram você chegar nessa situação financeira fora de controle. A partir disso, mudar de hábito é primordial para a saúde do seu bolso (e a sua também!).

Seguindo essas dicas, você vai conseguir quitar dívidas. Compartilhe esse conteúdo e ajude um amigo ou familiar a sair do vermelho também. 

E lembre-se, sua ação trabalhista ou precatório pode se tornar dinheiro imediato. Entre em contato conosco através do formulário abaixo, enviaremos uma proposta para você, sem custo e de forma segura!

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos nas Redes Sociais

Categorias

Posts Recentes

Cadastre-se em nossa newsletter.