QUERO VENDER MEU PRECATÓRIO: O QUE PRECISO FAZER?

negociação para vender precatório

Dúvida recorrente para quem tem um processo judicial contra um órgão público como estado, município ou União: “Tenho um processo em andamento, posso vender precatório?”

A resposta é um sonoro sim! A Constituição Federal autoriza a venda de créditos judiciais e precatórios estão inclusos. A cessão de crédito é possível e deve ser usada, principalmente se você não quer esperar pela Justiça, que pode ser até desfavorável. Assim, tem a possibilidade de vender o crédito e adiantar o recebimento da indenização.

O melhor e mais seguro para o credor (reclamante), é se apoiar na experiência do advogado e estar acompanhado no processo de vender precatório. O profissional jurídico não precisa autorizar a venda, muito menos o devedor, quem tem poder de escolha é quem possui o crédito. Mas ter apoio e segurança, vale a pena, não é?

O papel do advogado é fundamental, o ideal é que ele saiba do interesse pela venda e o credor decida conscientemente sobre a cessão de crédito. Dessa forma, um apoiando o outro, torna o processo ainda mais rápido e vantajoso para ambas as partes, já que o advogado receberá seus honorários e o reclamante o valor que tem direito.

Vender precatório implica em se antecipar à Justiça, quando um credor aceita ceder um crédito judicial público, ele recebe o valor poucos dias depois de fechar o negócio. Isso quer dizer que ele, ao assinar o contrato, troca a dívida do estado, União ou município, por tempo e dinheiro.

Como acontece a venda de precatório?

Bom, diante de tudo que você passa em um processo judicial, vender precatório é a coisa mais fácil. Temos um guia completo sobre isso, mas basicamente, você passará por algumas etapas até ter o seu dinheiro de forma honesta, rápida e segura.

Aqui na Bomtrato, realizamos uma análise e calculamos o tempo estimado da disputa e o risco de tudo que pode acontecer no caminho. Oferecemos um acordo e com contrato assinado, você recebe em poucos dias e à vista. Importante saber que priorizamos a fase processual, que deve ser após a fase de conhecimento (quando o juiz ainda está entendendo o processo e ouvindo as partes).

Vender precatório federal: aproveite a oportunidade!

Vender precatório está cada vez mais comum, por conta de tantas dificuldades financeiras, mas também pela longa estrada a ser percorrida para que alguém consiga receber o pagamento. Depois da sentença, as pessoas precisam esperar na fila de pagamento, com ordem de preferência.

Vender precatório é uma solução diante da morosidade da Justiça e dos depósitos. Receber o dinheiro do precatório o mais rápido possível ajuda – e muito – a quitar dívidas, comprar o seu maior sonho, aproveitar um investimento ou ainda desfrutar para o seu prazer e da sua família. Antecipe os seus recebíveis e vá curtir o seu dinheiro da melhor maneira possível, sem dor de cabeça.

Você possui um precatório federal? Cadastre-se aqui agora mesmo para fazermos um bomtrato!

1 comentário em “QUERO VENDER MEU PRECATÓRIO: O QUE PRECISO FAZER?”

  1. Tenho um processo contra a Fazenda Pública há mais de 5 anos, ganhamos em 1a e 2a estância mas o Estado recorreu ao STF, e eu ainda estou aguardando a resposta do STF. Nesse caso, eu consigo vender meu processo para o BOMTRATO???

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *